Plano de ações da Dell em prol da sustentabilidade, produtos novos e descartes – Microexato

Plano de ações da Dell em prol da sustentabilidade, produtos novos e descartes

Plano de ações da Dell em prol da sustentabilidade, produtos novos e descartes

Desde 1998, a Dell possui um relatório de transparência ambiental, e trabalha ativamente em busca de objetivos de sustentabilidade.

Com a crescente notoriedade do debate em relação às ações de grandes empresas em prol da sustentabilidade, a Dell se posicionou com um plano definido por eles como “ousado”: dentre outros, aplicar a economia circular e reaproveitar materiais de descarte e zerar a emissão líquida de gases poluentes nas linhas de produção até 2050.

 

O “design ambiental” criado pela empresa passa por todos os ciclos do cuidado com a sustentabilidade, como a vida útil dos produtos, novas manufaturas, impactos sociais, e mais. Muito além de seu ramo de atuação, essas ações serão sentidas pela humanidade como um todo no decorrer dos anos. 

 

Vejamos alguns dos planos de ações da Dell em prol da sustentabilidade, e o que poderemos aprender com ele.

 

Todas as fábricas possuem certificação ISO 14001:2015

O ISO 14001:2015 é o que regula e normatiza as ações que se referem à sustentabilidade. Ao se adequar ao conjunto de normas em cada uma de suas fábricas, a Dell promove transparência e aplica os conceitos de um sistema de gestão ambiental eficiente, conforme objetiva a norma.

 

A regulação também permite a rotulagem correta dos produtos, auxiliando nas outras etapas relacionadas ao meio ambiente em ambientes internos e externos. A certificação é essencial para empresas comprometidas com objetivos sustentáveis e com a transparência de seus produtos e linhas de produção. 

Zerar a emissão líquida de gases poluentes na manufatura

Talvez o objetivo mais ambicioso da Dell, o plano de zerar a emissão líquida de gases poluentes é definido pela empresa como um “compromisso”. Para atingir esse objetivo, a Dell fragmentou os planos de ação em diversas etapas, como reduzir os gases de escopos 1 e 2 em 50% até 2030. 

 

Além de reduzir a pegada de carbono no início da manufatura, os produtos em si também objetivam ser menos poluentes nas mãos do consumidor final, em metas ainda mais ambiciosas. Todas essas ações fracionadas se adequam aos ideais do SBTi (Science Based Target), que objetivam cumprir a meta do Acordo de Paris e reduzir a temperatura global em 1,5 °C.

 

Para atingir esse ambicioso objetivo, a Dell formou parcerias com fornecedores, além de desenvolver e investir em tecnologias que diminuam a pegada de carbono e a pegada ambiental. De umamaneira completa, as ações impactam dentro do mercado da cadeia de produção e também se refletem na qualidade de vida dos consumidores.

 

O que é designado pelo Acordo de Paris e listado nas Metas da ONU para a Sustentabilidade são dois dos indicadores mais importantes para evitar a escassez completa dos recursos naturais, e essas ações – tomadas por muitas empresas além da Dell – têm um impacto gradativo que afeta a humanidade como um todo.

 

Confira o infográfico em inglês com mais detalhes neste link.

Aplicar a economia circular e reutilizar descartes

A economia circular se refere ao reuso dos materiais que são originalmente tidos como “descarte” dentro de uma fábrica, busca de novas matérias-primas a partir de materiais reciclados, e retorno desses materiais ao mercado. Essa adequação é aplicada em passos simples, mas determinantes.

Loop fechado

O termo indica que a Dell reaproveita todo o material possível seja na fábrica ou retornando esse material ao mercado de commodities. Além disso, a Dell também é ativa na compra desse materialreciclado, fazendo um processo de “desmonte” do lote e misturando-o com plástico virgem.

 

De acordo com o site, 30 a 35% do material empregado na manufatura são oriundas dessa reciclagem em loop fechado. Ao resgatar um descarte, a Dell, portanto, utiliza na produção de novos computadores. Toda essa ação toma em torno de seis meses, e atinge benefícios diretos do design circular: redução de custos e de danos ao meio ambiente.

 

Em outras palavras, essa atitude não apenas promove redução de custos e reentrada de materiais como também auxilia na redução de descartes e na manutenção dos materiais que seriam inicialmente descartados. Com isso, é possível buscar novas tecnologias, aplicar conceitos sustentáveis, reduzir a pegada ambiental da linha de produção, e ainda por cima obter lucro no médio prazo.

 

Esse processo ocorre desde 2008 (2014 em relação a resíduos de eletrônicos).

Matéria-prima nos resíduos

Além do tratamento desses lotes de loop fechado, a Dell possui ações afirmativas na retirada de plástico dos oceanos e no reaproveitamento de fibra de carbono. 

 

O processo de manufatura de fibra de carbono, usada principalmente na indústria aeroespacial, deixa vestígios e sobras, originalmente descartados. Através de um projeto de pesquisa, a Dell desenvolveu um método para utilizar essas fibras dentro da fabricação de computadores, reduzindo o impacto ambiental de toda uma cadeia de produção.

 

Com o plástico extraído dos despejos, a Dell fabrica bandejas que servem como embalagens diversas. Cada bandeja contém cerca de 50% de plástico dos oceanos e 50% de material reciclado de outras formas, sendo portanto 100% feita de materiais já utilizados.

 

A Dell também conta com ONGs parceiras para auxiliar na remoção de plástico dos oceanos, importantes para que essa manutenção seja feita com sucesso. O plástico nos oceanos agride a fauna marinha, cria um “bloqueio” do Sol necessário para a fotossíntese das algas (o que gera efeito estufa) e polui ciclos completos do meio ambiente.

 

Utilizar esses resíduos e buscar soluções em material originalmente poluente também ajuda a desenvolver tecnologias que vão muito além da empresa ou de seu setor industrial.

Recuperação de ímãs de terras raras e parcerias

As parcerias da Dell com fornecedores permitem a criação de projetos ainda mais profundos: empresas que manufaturam discos rígidos ajudam na triagem e recuperação de ímãs usados no processo. 

 

Esses “ímãs de terras raras” possuem aplicações muito além da indústria de computadores. Com o projeto-piloto para sua recuperação, o objetivo é reduzir os danos ambientais causados pela expropriação desses dispositivos, viabilizando um descarte menos agressivo, lucrativo, e vertical. O projeto ainda está em fase de testes.

Ampliar o ciclo de vida dos produtos e permitir o descarte consciente

Uma das partes que a Dell busca ao aplicar o design circular é não apenas reutilizar os produtos descartados, mas aumentar seu ciclo de vida, efetivamente reduzindo o descarte em si. Toda a cadeia de produção é beneficiada por essa atitude, os consumidores também, além do meio-ambiente.

 

Ao atribuir padrões mais altos de qualidade e aumentar o tempo de vida útil dos produtos, a indústria em geral ganha valor de uso, tecnologias melhores e melhor apreciação de seus consumidores.

 

Ao final desse ciclo de vida, a Dell se compromete a recolher o produto descartado, incentivando os consumidores a retornarem esse material para a empresa, com ações de coleta de fácil acesso. Com isso, além do incentivo direto à conscientização, a empresa pode reaproveitar esses descartes, gerando lucros e diminuindo a poluição. 

Eficiência no consumo de energia

Um dos pontos importantes na indústria em geral, a Dell firmou um compromisso de reduzir o consumo energético tanto de suas peças finais quanto do processo de manufatura. Utilizando automação industrial e indicadores de qualidade (como o índice OEE), a empresa buscou reduzir a intensidade energética do portfólio de produtos em 80%.

 

Além disso, o compromisso hídrico da Dell é de reduzir o consumo de água em regiões com stress hídrico em 20%. 

 

Todas essas ações são cruciais para reduzir a pegada ambiental de indústrias e são pontos-chave dos 17 Objetivos da ONU para o Desenvolvimento Sustentável. O uso consciente de energia e água diminui severamente o impacto sobre as fontes naturais e lugares que sofrem com problemas de escassez.

Ações sociais

Os objetivos de sustentabilidade também são encontrados em ações sociais e comunitárias.

 

Além de promover o “resgate” de seus produtos e incentivar o descarte consciente dentro de comunidades e clientes, o plano de ações sociais da Dell também inclui orientação aos jovens em relação aos temas de sustentabilidade, auxílio a comunidades e integração com serviços comunitários.

 

A empresa também conta com objetivos de reduzir a pobreza e apoiar cerca de 3 milhões de jovens através de fomentos e auxílios. 

 

Outro tema proposto pela empresa é a melhora da recepção dos seus produtos e do tratamento das equipes, com índices de satisfação internos e externos. Essa ideia busca humanizar as equipes de colaboração e designar objetivos mais sólidos para a qualidade, lembrando também que a parte social é importante dentro do tema da sustentabilidade.

“Powering the Possible”: ações tomadas desde 2013

O plano de sustentabilidade da Dell é divulgado em seu portal da transparência desde 1998, mas em 2013 foi criado o conjunto de ações “Powering the Possible”, com objetivos ambientais e sociais para 2020. Além de resultados expressivos dentro dos objetivos traçados, a empresa argumenta que os benefícios são 10x superiores aos custos para um projeto dessas dimensões.

 

Nos sete anos propostos, a Dell atingiu grande parte dos objetivos traçados nesse plano de ações. Alguns dos passos propostos no documento são:

 

  • Garantir que 90% do lixo gerado pela empresa seja removido dos aterros sanitários;
  • Reutilizar 23 milhões de kg de plástico reciclado e outros materiais reciclados nos produtos;
  • Garantir que 100% das embalagens sejam fabricadas com origem em materiais sustentáveis;
  • Recuperar cerca de 1 bilhão de eletrônicos usados;
  • Dentre outros objetivos ambientais e sociais. Confira o escopo do documento aqui

 

Com esses objetivos, fica nítida a intenção da empresa em aplicar a economia circular, com políticas afirmativas de reuso e redução de resíduos. Conforme exposto, os ganhos são financeiros, ambientais e comunitários, garantindo qualidade de vida na Terra por mais tempo, e diminuição da exploração e desgaste dos recursos naturais.

 

 

 

 

Carrinho

Especialistas em tecnologia

Pedir um orçamento